Casamento Casamentos e histórias de amor Destaques

Primeiro Beijo No Altar – Casamento Kathy e André

21

Esta é uma história de amor emocionante e bem diferente para se contar nos dias de hoje! Um relacionamento tão lindo e verdadeiro, pautado no amor de Deus.

Os noivos fizeram praticamente tudo! Decoração, doces, bolo fake, porta guardanapos… e a Kathy conta como foi tudo isso.

1111

“O blog Casamento Sem Erro e a página no facebook, serviram para eu ter muitas ideias para o meu casamento. Agradeço por sempre compartilharem ideias, sugestões e matérias que fazem toda diferença.”

Kathy, muito obrigada pelo carinho! 🙂

1111

Aperte o play que esta história tem até trilha sonora!

 

Nos conhecemos em um retiro em Belo Horizonte e isso tem 10 anos, mas não foi aí que tivemos um click de olharmos um para outro. O tempo passou, nos encontrávamos aqui ou ali e nada, era apenas um “oi, tudo bem?”, e nada além disso.

Eu achava ele muito chato e ele me achava uma enjoada (hehehe), mas nas palavras dele, ele sempre teve interesse em se aproximar de mim, de fazer amizade, mas eu que não deixava ele se aproximar. Depois de um tempo, minha mãe ficou amiga dele, e sempre me dizia que ele era muito legal.

Até que em 2014, nos encontramos em Itaúna – MG (onde ele morava), no casamento de uns amigos que temos em comum, ali passamos a noite conversando com amigos, dançando e aproveitando o casamento, até que em um certo momento do casamento, eu e minha mãe sentamos na beira da piscina e ficamos conversando. Foi quando o André apareceu com uma taça na mão, sentou ao meu lado, e ficamos conversando, mas… “Espera aí, eu nunca olhei para ele, e não tinha amizade nenhuma com ele, por que sentou do nosso lado?” Enfim, já estava sentado lá mesmo! Fiicamos conversando até as 6:00 horas da manhã, ele me contou um pouco mais sobre sua vida, e eu falei mais de mim também.

No dia seguinte eu iria para Belo Horizonte e não o veria mais. Depois, voltei para minha cidade Cascavel – PR, e dali em diante a amizade começou a fluir, todas as noites a gente conversava no facebook, skype e facetime e ficávamos horas e mais horas conversando, muitas vezes até de madrugada.

A amizade foi crescendo e o interesse um pelo outro também foi aumentando. Até que chegou o dia do aniversário dele (abril), e ele iria para um retiro, onde não tinha sinal de celular e nem de internet. Sim! Confesso! Meu coração ficou apertado, eu sentiria muita falta dele, afinal todas as noites “estávamos juntos”. Ele foi para o retiro, mas não ficou dormindo no local, voltou para casa e pudemos conversar. Foi um alivio para mim!!

Após algum tempo de muita conversa, procuramos nossas autoridades, mãe, pai, pastor e conversamos com eles, falamos sobre o interesse que surgiu um pelo outro e então tivemos a ideia do André ir para a minha cidade em julho, para nos conhecermos melhor, ficar mais próximos e para os nossos pais se conhecerem também… Até ai, tudo bem. Tudo estava caminhando para isso.

Até que no dia 13/05, no meio de uma conversa, ele disse “Eu te amo”, isso faltava 10 dias para o meu aniversário… Quase tive um treco. Foi muito legal, fiquei sem reação e sem saber o que falar para ele. Então, oramos, jejuamos, conversamos com as autoridades novamente, e resolvemos que o André iria para a minha cidade, para assumirmos um compromisso. Sim, porque não namoramos, mas assumimos compromisso.

Finalmente julho chegou!!! Ele foi pra minha cidade, ficou uma semana na minha casa. Nossos pais e pastor conversaram com a gente, e no dia 12/07/2014 noivamos. Opa!! Eu tinha falado em compromisso né? Pois é, mas tínhamos tão certo o que queríamos que nem assumimos compromisso, mas noivamos direto.

André ficou mais uma semana comigo e depois retornou para Minas, marcamos a data do casamento para 06/06/2015 e a nossa correria começou, porém eu tinha que decidir muita coisa sozinha, porque ele estava longe de mim.

Em setembro, eu fui para lá, para a gente ficar junto e matar a saudade. E em novembro ele foi para Cascavel de novo. Nessa ida para Cascavel, ele arrumou um emprego, e vimos isso como resposta de oração. Então, a distância acabaria e poderíamos ficar mais próximos.

No dia 22/11/2014 ele se mudou para Cascavel. Que felicidade! Agora estaríamos perto, poderíamos decidir as coisas, orarmos juntos e nos relacionarmos mais. Fizemos uma festinha de boas vindas para ele, e a rotina para o casamento começou a ficar mais intensa.

Eu já tinha fechado a filmagem e estava quase certo o local. As coisas começaram a se encaixar, fechamos fotógrafo, vestido, a roupa dele, doces, local e assim foi.

Fizemos muita coisa para o nosso grande dia. O nosso porta guardanapo, era de bobina de lotérica que a minha prima guardou. O André foi na marcenaria, cortou, meu tio pintou e eu colei as letras. O portal, era uma porta sem uso, e o André lixou. Os arranjos das mesas, foram feitos com garrafas que cortamos, e idealizamos. Os doces, o suporte para colocá-los, e as lágrimas de alegria, foi a gente que fez também. Nosso convite era um quebra cabeça, que foi colocado nas caixinhas e feito um laço com fitinhas de poá.

Quando faltava um mês para o nosso casamento, o André sofreu um acidente de moto e quebrou o punho, teve que fazer cirurgia e colocar pino, foi um susto e tanto, mas graças a Deus, não precisamos mudar a data do casamento.

Nesse tempo todo, vimos Deus agindo em tudo que precisávamos, e nos dando muito além do que pedíamos. Foi um tempo de aprendizado, de crescimento, de aprendermos, foi um tempo precioso de Deus para nós.

Finalmente, o nosso grande dia chegou (06/06/2015) e foi mais ou menos assim…

O meu dia começou meio tenso. Estava nervosa, pensando se tudo daria certo, se tudo sairia como havíamos planejado. Acho que estava um pouco mais ansiosa, porque tínhamos feito tudo, arranjos de mesa, porta guardanapo, suporte para os arranjos do corredor, suporte de doces, bolo fake, lágrimas de alegria, doces, pães de mel, tudo. E isso me deixou um pouco mais apreensiva.

Meu noivo ficou o dia todo em casa, resolvendo os últimos detalhes. Eu na parte da manhã fui fazer minha unha. Resolvi que pintaria de vermelho, com um fitilho dourado, ficou muito linda, mas ao chegar em casa o fitilho começou a soltar, e então, tive que tirar todo o esmalte.

Minha mãe chegou do local da festa, correndo, pegamos tudo e fomos para o hotel, onde eu me arrumaria. Logo depois, o fotógrafo e a equipe de filmagem chegaram e foram me deixando mais calma. O maquiador arrumou eu e minha mãe. Enquanto ele terminava de arrumar minha mãe, passei um esmalte rosa, coloquei meu vestido mais simples, que havia comprado para a recepção, terminei de me arrumar e fui dirigindo para o local da festa, eu e minha mãe.

Meu noivo (agora meu marido), estava no local terminando de se arrumar para recepcionar os convidados. Cheguei no local buzinando, desci do carro correndo e fui para o “portal” recepcionar os convidados, eu tremia, minha mão estava super gelada, estava nervosa por dentro, e aquele frio na barriga só aumentava. Os convidados iam chegando e faziam “cara” de espanto porque a gente estava recebendo o pessoal antes da cerimônia. Foi um momento legal, porque vimos e abraçamos todos. As expressões eram as mais legais possíveis. Tinha convidado que achava que estava tão atrasado, que já estávamos cumprimentando o pessoal e que a cerimônia já havia acontecido.

Depois de um certo tempo, fui para uma suíte e meu noivo para outra, trocamos de roupa, coloquei meu vestido de noiva lindo e ele a sua roupa. Então foi quando o nervosismo começou a bater novamente, o véu tão lindo e grande foi colocado e eu contava os minutos. Enquanto isso era servido um coquetel para os convidados.

Me arrumei, e fiquei de longe vendo a entrada dos padrinhos e do noivo. Foi legal ficar espiando tudo. Meu momento chegou, eu respirei fundo e fui, entrei com meu pai e minha mãe, foi uma emoção muito grande! Meu noivo veio e me encontrou na metade do caminho, seguimos até o altar, e minha mãe começou a falar, com isso muitas lágrimas rolaram. O pastor deu uma palavra, os pais dele também falaram, o meu pai, e assim foi.

Então chegou a hora de agradecermos a todos, principalmente a Deus, porque nosso casamento estava acontecendo como tínhamos planejado, sem chuva, sem frio, ao ar livre, tudo lindo.

Fizemos uma homenagem aos pais, lavamos os pés deles, assim como Jesus fez com os discípulos, foi lindo, e foi a forma que achamos de honrar a vida deles. Nosso casamento foi lindo, chorei até não querer mais, mas já tenho vontade de voltar e fazer tudo de novo. Fizemos nossos votos, o pastor nos abençoou e demos o nosso primeiro beijo no altar, perante Deus e todos os convidados, foi um momento muito marcante.

Tive 10 amigas da noiva, todas vestidas de preto e com um cinto de strass, a mais nova, que tem 6 anos, estava com uma fita branca. Achei o máximo… Elas se empenharam ao máximo e estavam todas lindas.

Após a cerimônia fomos para o salão e a janta foi servida. Como meu marido é mineiro, fizemos uma mesa de comida mineira, e foi ótimo, todos gostaram.

Tinha mesa de doces, mesa de guloseimas, o bar que fazia coquetel com e sem álcool, e o jantar estava muito bom.

Dançamos com os nossos pais e na hora da valsa dançamos a música All Of Me  (John Legend) tocada no violino. Foi fantástico, vivi momentos inesquecíveis, e como tenho vontade de voltar e ter tudo isso de novo, ver a minha família reunida e todos felizes, era o que mais me deixava feliz. Todos se divertiram muito e eu e o André ficamos na festa até o último convidado ir embora.

Realmente tenho vontade de voltar e fazer tudo de novo. Foi lindo, perfeito!!

Assim é a nossa história…

Kathy”

  140

139

135

133

132

02

01 (1)

08

03

  06

09

10

11

12

13   16

  24

26

Local: Espaço Elegância Eventos – Cascavel – Paraná /  Fotográfo: Maicon Sturm / Buffet: Elegância Eventos / Decoração: Noivos / Hall de entrada: Dall Bello Decorações / Músicos: Grupo Harmony / Cerimonial: Samantha Rushinski  / Maquiagem e penteado: Rangeres (Salão Mississipi Classic) / Vestido de noiva: Solote Trajes / Roupa do noivo: Solote Trajes / Filmagem: Universal Vídeo / Buquê: Mãe da noiva

1111

Veja também: “3 ERROS COMUNS que costumam estragar casamentos mundo afora e como Você pode evitá-los”

Posts relacionados

  • Kathy de Lara
    julho 9, 2015 at 8:49 pm

    Oi Camila!!
    Amei ver a minha história aqui e com todos os detalhes!
    Muito obrigada por todo cuidado e carinho!!
    Beijos e Deus abençoe!!

    • Camila Gomes
      julho 9, 2015 at 8:55 pm

      Que bom que você gostou Kathy!!!
      Fico muito feliz!! 🙂
      Beijinhos,
      Camila

  • Tayane
    julho 10, 2015 at 4:00 am

    Kathy, foi muito mais do que merecida essa benção que Jesus realizou na vida de vocês. Nunca vi história mais linda e emocionante, qualquer dia quero sentar com você pra ouvir cada detalhe. Parabéns, lendo tudo deu pra sentir a emoção de pertinho. Foi lindo demais! Que Jesus continue completando a maravilhosa e perfeita obra dEle na vida de vocês dois, casal lindo! Beijos!

    • Kathy de Lara
      junho 27, 2016 at 11:16 am

      Oi flor. Acredita que só hoje eu vi seu comentário aqui?!?!
      Mas com certeza pode sentar e ouvir quantas vezes quiser. Obrigada pelo carinho. Amém. E Deus te abençoe. Beijos